E as entradas?

#abenta #consultoria #cerimonial #eventos #cerimonialista #casamentos #matrimônio #noivas #debutantes #cursodecerimonial



Oi, queridos, como estamos, tudo bom? Espero que sim ❤


Hoje vamos falar sobre uma coisa bem gostosa, mas que traz muita confusão: as entradas do cortejo! Antes de tudo, eu vou dar uma dica que eu sempre usei: não fazer ensaio na igreja com os padrinhos e as crianças. "Nossa, Flávia, como assim???" Ah, gente... eu sempre senti esse ensaio mais como um estresse para os participantes do cortejo do que como uma ajuda propriamente dita. Eu acredito que o ensaio faz a coisa parecer muito mais complicada do que realmente é! E fora que para as crianças o ensaio chega a ser até uma enganação... a criança chega na igreja vazia e faz todo o caminho tranquilamente; só que no dia da cerimônia ela está com cabelo feito, com roupas que não estão acostumadas, com a igreja lotada, fotógrafos, cinegrafistas... ah, que desespero pra elas! rs...


Então como eu faço? Peço para todos os participantes chegarem 30 minutos antes do horário do convite (o horário no convite também deve ser meia hora antes da cerimônia, para evitar atrasos dos demais convidados), e logo já vou preparando a fila do cortejo. Converso com todos, coloco as boutonnieres na lapela dos homens (se tiver), explico como será a entrada, em que ponto o fotógrafo vai pedir para diminuir o passo para tirar a foto, para que lado vai no altar, o que fazer na hora dos cumprimentos e o que fazer na saída. Lembrando que sempre vão contar com a ajuda dos assistentes ou com a equipe da igreja para orientá-los nesses momentos.

Em relação às crianças, deixe sempre alguém responsável com elas, normalmente alguém da família que eles já conhecem, para transmitir mais calma e segurança. Na hora certa, os posicione na entrada e fala, sempre de maneira muito gentil e carinhosa, o que eles deverão fazer. Uma vez aconteceu de um menininho de 1 ano e meio não querer entrar Ele entraria junto com outras crianças, então não tivemos problema; se ele fosse entrar sozinho, durante as reuniões dos preparativos eu já teria um plano B junto com os noivos. Afinal, é bem provável que imprevistos aconteçam com uma criança tão pequena, né?


Outra questão bem importante aí: seus assistentes devem ser bem treinados para esse momento. Se não forem assistentes habituados a orientar a cerimônia, faça um ensaio com eles antes do evento, de preferência durante a semana anterior.


Algumas regrinhas: mulheres sempre vão à esquerda (lembre-se sempre da tradição: homens vão à direita para ter a mão direita livre para sacar sua espada e defender sua dama... sabia que é por isso? Legal, né? rs), com exceção da noiva, que entra à direita, mas fica à esquerda no altar. O noivo aguarda a noiva no altar e quando ela estiver a mais ou menos 3 passos do altar, ele vai buscá-la, cumprimenta o sogro (ou o acompanhante da noiva), dá um beijo na testa da noiva e caminham juntos ao altar, ela a esquerda e ele a direita.


Uma dica valiosa: tenha sempre em mãos um lembrete com essas orientações... vai que dá um branco na hora, né? Assim você fica segura que mesmo que isso aconteça será fácil se lembrar. Ah, e outra coisa: se algo der errado, não tente consertar! Talvez ninguém perceba o erro, mas se você tentar arrumar, aí sim todos repararão na falha.


Essas orientações somadas à emoção natural da cerimônia, tudo sairá perfeito.


Beijão, gente!


(Imagem: Pinterest.com)

8 visualizações

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

© 2020 por A Benta Consultoria e Treinamento de Eventos.