• Flávia Mandt

Mapa de mesa: sim ou não?

#abenta #consultoria #cerimonial #eventos #cerimonialista #casamentos #matrimônio #noivas #debutantes #cursodecerimonial


Oi, pessoal, tudo bom?


Tem um assunto que quero falar com vocês que é o meu xodó: mapa de mesas! Eu acho que ele é um pouco tabu. Muitos noivos acham desnecessários e muitas cerimonialistas que fazem o curso comigo falam que não costumam elaborar essa ferramenta. Vou falar porque eu gosto tanto do mapa de mesa: ele traz uma organização gostosa para o evento!


Para os convidados é legal, pois ficam perto dos seus conhecidos. Já tive convidado que reclamou na recepção do evento que não podia escolher onde sentar e depois no final do evento veio me agradecer e elogiar por ter organizado os lugares daquela maneira. Ganhei a noite, né? rs. Para os noivos é bacana também por que facilita na hora dos cumprimentos, e para a equipe do cerimonial e mesmo para o buffet facilita o trabalho, pois fica fácil a referência se algum problema acontecer (por exemplo: uma pessoa da mesa "x" reclamou de alguma coisa; pelo mapa de mesa, podemos saber quem é essa pessoa e tratarmos ela com mais proximidade e ajudá-la a resolver a questão). Uma vez, após o evento, encontramos um celular esquecido em uma mesa; pelo número da mesa, olhando na relação do mapa, conseguimos localizar a qual família pertencia aquele celular. Eu gosto muito do resultado que o mapa proporciona!


Para convencer os noivos, sempre digo para ele se imaginarem na seguinte situação: "Você é convidado para um casamento e, por algum motivo, você chega atrasado. Na festa não tem lugar definido, você entra no salão e localiza os seus conhecidos, mas ali perto deles não tem lugar para você e seu acompanhante e com isso você tem que sentar do outro lado do salão, onde não conhece ninguém (a situação piora quando tem mezanino no salão, os seus conhecidos estão nas mesas de baixo e para você só tem lugar na parte de cima)". Chato, né? Muito melhor se o seu lugar estivesse ali reservado junto a seus conhecidos, né, não? rs. Alguns noivos insistem em não fazer, mas a grande maioria aceita elaborar a ferramenta, sabendo que trará ainda mais organização para o seu evento. Mas e aí, como fazer?


Primeiramente, dependemos de uma lista de convidados bem organizada com nomes dos convidados e seus acompanhantes classificados por o que é do noivo ou da noiva (exemplo: família da noiva por parte de pai, por parte de mãe, amigo, colega de trabalho e assim por diante). Precisamos também que seja feito o RSVP e que fique na lista final realmente só quem confirmou presença. Feito isso, os noivos (ou debutante, claro!), com a nossa orientação, determinam o lugar de cada convidado. Existe ainda outra possibilidade, que é ainda mais prático de se elaborar, que é determinar um setor por classificação de convidados (por exemplo, mesa x a y: família da noiva por parte de pai; mesa z a w: família por parte de mãe).


Na montagem do evento, é importante dispor a numeração das mesas e na recepção, uma lista de convidados bem organizada, determinando na frente de cada nome qual a mesa reservada para aquele convidado.


Olha gente, na minha opinião é a ferramenta mais trabalhosa de ser feita, mas o resultado que ela traz vale a pena todo o esforço.


Me conta... você tem o costume de oferecer o mapa de mesa para seus clientes?


Super beijo para você! ❤


(Imagem: Pinterest.com)

0 visualização

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

© 2020 por A Benta Consultoria e Treinamento de Eventos.